Game Review: Dungeon Village

Vou começar o post com um aviso: Era pra ter terminado de escrevê-lo uns dois dias atrás. Não consegui, e você já vai saber porquê.

Se você é um gamer eventual no seu smartphone, já deve conhecer a Kairosoft, produtora de games como GameDev Story e muitos outros títulos seguindo sempre a mesma linha: Todos são jogos de simulação, com temas aleatórios.

O esquema do Dungeon Village é o seguinte: Você é o prefeito de uma cidadela meio decadente, e precisa construir a estrutura necessária para que guerreiros poderosos das vizinhanças venham batalhar nos campos adjacentes à sua cidade.

Kairosoft - Dungeon Village

A quantidade de construções disponíveis é enorme, e cada uma possui uma função única. Vender armas, acessórios, escudos e armaduras, ensinar novas técnicas e até mesmo um pub, são bons exemplos do que o jogador vai precisar gerenciar para conseguir uma cidade de sucesso.

Porém sair criando, desenfreadamente, uma “unidade” de cada um não será o bastante. Conforme as batalhas vão se desenrolando, os lutadores vão colhendo alguns itens como recompensa (mais sobre isso adiante..). Estes itens, em conjunto com árvores e outros objetos de decoração, podem e devem ser usados para aumentar o valor dos produtos oferecidos, o quanto aquele estabelecimento é atrativo, e o preço da construção em si. Tudo isso é importante para evoluir apropriadamente no jogo.

Kairosoft - Dungeon Village

Ao progredir, mais e mais aventureiros irão ao seu encontro. Cada um deles, de forma geral, tem a sua própria profissão, que deverá ser evoluída ao seu máximo. A partir daí, você poderá treinar seus outros guerreiros nesta profissão, tornando-os mais versáteis e poderosos.
Algumas das opções mais legais que encontrei foram os guerreiros, os magos e os arqueiros. Os monges parecem ter bastante potencial, pois eles curam os seus amigos que foram feridos, mas a lerdeza e a pouca efetividade dessas curas acabaram me desanimando um pouco.

Muitas missões especiais também estão presentes em Dungeon Village. Freqüentemente você terá de invadir castelos misteriosos, desbravar cavernas cheiras de monstros, ou simplesmente guerrear contra uma dezena de monstros fortíssimos. Nessas ocasiões, é dada a chance do jogador escolher o número de guerreiros que irá querer na empreitada, facilitando uma eventual vitória.

Kairosoft - Dungeon Village
Por experiência própria digo: Os dragões (que parecem ser tenebrosos e fortíssimos) não são nada comparados a uma multidão de outros monstros, quase tão fortes quanto…

Uma das coisas mais divertidas é a extensa variedade de armas e diferentes equipamentos que o jogador poderá escolher. Se você for equipar um mago, com certeza preferirá um cajado que favorece o poder mágico.. Um guerreiro fará melhor uso de uma lança, um arqueiro de um belo arco, e assim por diante.

Estas armas precisam ser coletadas, pela primeira vez, em uma das missões especiais – Como os castelos ou cavernas, por exemplo. Nada impede, porém, de itens especiais caírem de monstros normais, ali no jardim mesmo. Após esta primeira vez, você poderá comprá-los normalmente no mercado, por preços bem salgados.

Conforme você vai conseguindo a confiança e lealdade dos guerreiros, eles sentirão vontade de mudarem definitivamente para sua cidade. Você terá então a opção de construir casas para eles. Além de ganhar um aluguel bem bacana, eles também oferecerão um prêmio a você, que costuma ser algo único e forte, como uma nova arma, ou item para aprimorar suas construções.

Kairosoft - Dungeon Village

Dungeon Village, como todos os outros títulos da Kairosoft, merece os R$ 8,50 atualmente cobrados no Google Market. O jogo também possui versão para iPhones.

Informações para Download:

Link para o Market

QR CodeDungeonVillage_QRCode

Sobre Jeremias Zerbini

Jeremias Zerbini escreveu 76 artigos neste blog.

27 anos, entusiasta de tecnologias opensouce, geek, adorava perder as partições do HD aos 15 anos instalando GNU/Linux. Gosta de video-games, e isso inclui instalar o Yellow Dog no PS3 novinho. Consultor autônomo na área de infra-estrutura de servidores, está sempre dedicando, quando possível, um tempinho extra para pesquisar sobre novas e melhores alternativas ao software proprietário [mas sem histeria].

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>